Ouça agora na Rádio

N Notícia

Reprodução

FOTO: Reprodução

Com 13 títulos em campo, Libertadores terá maior semifinal da história

Com o empate do Boca Juniors com o Cruzeiro na noite desta quinta-feira (4), a equipe argentina garantiu a última vaga das semifinais da Libertadores da América 2018, e com o feito, faz dessa a maior reta final da competição de todos os tempos. Desde que iniciou, em 1960, nunca tantos campeões chegaram juntos na reta final em uma semifinal, em 58 edições até aqui.

São 13 títulos em campo, 6 do Boca Juniors, 3 do Grêmio, 3 do River Plate e 1 do Palmeiras. Antes desta edição bater o recorde, em 2016 quando Independiente Del Valle, Boca Juniors, São Paulo e Atlético Nacional chegaram na reta final, os quatro somavam 10 conquistas e igualavam a melhor marca de uma semifinal, quando em 2009, Estudiantes, Nacional-URU, Cruzeiro e Grêmio juntavam 10 canecos.

Se somarmos a isso somente os títulos dos campeonatos nacionais destes quatro times, são 9 do Palmeiras, 2 do Grêmio, 33 do Boca Juniors e outros incríveis 36 do River Plate – nada mais nada menos do que 80 títulos nacionais de Série A.

Outro dado que chama a atenção, é que dos quatro, além de ser a equipe com menos conquistas, o Palmeiras também é o clube que está a mais tempo sem vencer a Libertadores, já que sua única conquista aconteceu em 1999, há exatos 19 anos. O Grêmio é o atual campeão, enquanto o River Plate conquistou o tricampeonato em 2015, e o Boca Juniors encara um jejum de 11 anos sem levantar a taça. 

 

FONTE: Lucas Maciel
Link Notícia