Ouça agora na Rádio

N Notícia

Gil Veiga

FOTO: Gil Veiga

Casal que teve filho socorrido pela Polícia Militar faz agradecimento na Rádio Educadora

Francisco Beltrão

Na tarde desta terça-feira (28) esteve no programa Plantão Policial da Rádio Educadora o casal Elyel e Suzana Santos, com os filhos Elyabe 13 anos e Joabe 02 anos, que foi socorrido na madrugada de sábado (24) por uma equipe da Polícia Militar após o menino ter tido uma convulsão e já estava praticamente sem os sinais vitais.

Suzana disse que no ano passado Joabe já havia tido uma convulsão, mas não havia sido tão forte. Na noite de sexta-feira (23) ela mediu a febre do filho que aferiu 36,7, temperatura normal e logo em seguida ele dormiu junto com os pais.

Por volta de 00h50 da madrugada de sábado, ela acordou sentindo o calor do corpo filho e imediatamente percebeu que ele já estava em convulsão com lábios e a pele roxa e não respirava mais. Ela levou a criança para o banheiro, molhou a testa e chamou o marido Elyel que colou o filho na cama iniciou as massagens cardíacas e manobras de respiração, enquanto Suzana ligava para a Polícia Militar que chegou rapidamente na casa e neste momento a criança já estava começando a respirar.

A equipe formada pela soldado Cover e pelo soldado Dalla Costa rapidamente colocou a criança na viatura e o levou até a UPA onde ele foi entubado e medicado e aos poucos foi voltando ao normal. Os policiais permaneceram na UPA até o pronto restabelecimento da criança.

O capitão Rogério Gomes Pitz, comandante da 1ª Cia informou que os policiais receberam um elogio do comando do 21º BPM, pela sua atuação.

Os pais que são evangélicos acreditam em um milagre, pois segundo Elyel seu filho já estava sem vida. A família também acredita que a vida do filho mais velho Elyabe também é um milagre. Ele nasceu prematuro de 06 meses, foi para a UTI neonatal e lá teve a retina queimada devido as fortes luzes e acabou ficando cego. Hoje aos 13 anos, ele é cantor gospel, toca vários instrumentos musicais e compõe hinos evangélicos. No programa ele tocou gaita e cantou alguns hinos. Elyel disse que a família passa por dificuldades, apenas Suzana está trabalhando recebe R$ 560,00 por mês, o Elyabe recebe uma salário pela deficiência visual e ele (pai) teve um acidente não pode trabalhar e está aguardando ação judicial para receber o beneficio, e mesmo assim a família não perde a fé e a esperança.

 

 

FONTE: Luiz Carlos Maciel
Link Notícia