Ouça agora na Rádio

N Notícia

Adolfo Pegoraro

FOTO: Adolfo Pegoraro

Com atuação de gala, Marreco elimina o JEC na Copa do Brasil

Foi uma noite inesquecível para o torcedor beltronense que ao final do jogo invadiu a quadra e abraçou os jogadores como há muito tempo não se via no ginásio Arrudão. Diante de uma fortíssima equipe, o Marreco fez o seu melhor jogo no ano e após vencer por 6 a 3 no tempo normal, venceu também na prorrogação por 1 a 0 e garantiu a vaga nas quartas de final da Copa do Brasil, contra o Sorriso (MT). 

No 100º jogo de Sinoê com a camisa do Marreco, a equipe beltronense precisava vencer no tempo normal para forçar a prorrogação, pois havia sido derrotada na partida de ida por 4 a 1. Empurrada por mais um excelente público, a equipe de Paulinho Gambier foi pra cima logo no início, mas quem abriu o placar foram os visitantes, com Leco que desviou de primeira após cobrança de escanteio de Bruno aos 3:30. Diante de uma equipe muito qualificada, nitidamente os jogadores do Marreco sentiram o gol e passaram a errar muitos passes e jogadas de saída de bola. Paulinho Gambier então parou o jogo e organizou a sua equipe, mas o gol de empate só saiu após uma jogada de muita raça de Pedro Rei que ganhou uma dividida com dois adversários e tocou na saída do goleiro Willian. A equipe se inflamou pelo gol e mais uma vez o recém chegado Canabarro mostrou que veio para brilhar no novo clube. Acrescentando um toque de qualidade e visão de jogo, Canabarro iniciou a jogada do gol da virada e Sinoê deu uma assistência incrível para o ala bater forte no alto e marcar 2 a 1 aos 10:10. Na reta final do primeiro tempo, o Marreco construiu uma bela jogada e Sinoê apareceu novamente servindo o fixo Max que finalizou para marcar o terceiro. 

Na volta para o segundo tempo o Marreco recuou demais e parecia querer administrar a vantagem, mas aos 6 minutos Genaro recebeu livre de marcação e encheu o pé para marcar um belo gol, descontando para 3 a 2. Aos 10 minutos da etapa final, Sinoê recebeu na linha de fundo e rolou para Max que chutou rasteiro e marcou o quarto do Marreco. No minuto seguinte, Sinoê roubou a bola e armou contra ataque que terminou com mais uma assistência do pivô, desta vez para Zequinha que só teve o trabalho de mandar para as redes. Aos 17 minutos quando o Joinville arriscava tudo com o goleiro linha, Zequinha roubou a bola e bateu para o gol vazio, ampliando para 6 a 2. Faltando 26 segundos para o fim do jogo, ainda deu tempo de Bruno marcar o terceiro dos catarinenses. 

Sob muita festa e com o nome de Sinoê ecoando nas arquibancadas, o Marreco levou a decisão da vaga para a prorrogação e assim que a bola rolou, a tensão tomou conta do ginásio, pois ao mesmo tempo que a torcida confiava no desempenho do time, vinha um filme na cabeça do torcedor que se frustrou nas últimas temporadas justamente nos momentos mais decisivos. Desta vez a história seria diferente, e logo aos 30 segundos da prorrogação, Sinoê apareceu para dar a incrível quinta assistência para o gol de Alexande Pintinho. A partir daí o Joinville foi pra cima e logo aos 2:30 o goleiro Di Fanti pediu atendimento médico e acabou deixando a quadra. Após levar uma bolada no rosto, o arqueiro reclamou que via um borrão escuro no olho direito e após suspeita de descolamento de retina, acabou sendo orientado a deixar o jogo. Como o experiente Quinzinho segue afastado por lesão, a oportunidade caiu nas mãos do jovem goleiro Carlos de apenas 19 anos. Nos minutos finais da primeira etapa da prorrogação, poucas bolas chegaram ao gol do Marreco e a vantagem foi para a segunda etapa. Com o goleiro linha, o Joinville criou várias chances e para a surpresa da torcida, Carlos fechou a meta. Faltando apenas 27 segundos para o fim, o Joinville teve a chance do jogo com Bruno Iacovino que apareceu livre cara a cara com Carlos que fechou o gol e garantiu a vaga. 

Com o cronômetro zerado, muitos torcedores invadiram a quadra e correram em direção aos heróis Sinoê e Carlos que marcaram os nomes após uma classificação histórica. Agora, o Marreco vai encarar o Sorriso (MT) nas quartas de final, sendo o primeiro jogo fora e o segundo em Francisco Beltrão entre os dias 27 de julho e 17 de agosto. Já nesta quarta-feira (10) a equipe beltronense joga mais uma vez em casa, contra o São José dos Pinhais pela Série Ouro do Paranaense. 

 

FONTE: Lucas Maciel
Link Notícia