Ouça agora na Rádio

N Notícia

Quebrar perna e não notar: revelado segredo da família italiana que não sente dor

FOTO: © AP Photo/ Gerald Herbert

Quebrar perna e não notar: revelado segredo da família italiana que não sente dor

Uma idosa italiana, bem como suas duas filhas e três netos, não sente dores devido à mutação no gene ZFHX2, responsável pela coleta da maioria dos componentes de receptores da dor das células nervosas.

Todas as informações Sputnik Brasil

"Se os membros dessa família quebram uma mão ou perna, eles inicialmente sentem pouca dor, mas ela vai embora em breve. Por exemplo, Leticia quebrou seu ombro enquanto estava esquiando, mas não notou e continuou esquiando. Apenas dias depois ela descobriu sobre a fratura", disse o cientista James Cox.

No genoma humano e de outros animais com sistema nervoso ramificado, há dezenas de genes responsáveis pela interação com o meio ambiente e elaboração dos sinais de ameaça. O sinal mais eficaz é a dor, que ajuda as pessoas a guardar na memória os objetos perigosos para evitá-los no futuro. Se esses genes param de funcionar, o ser humano deixa de sentir dor.

Cox e os seus colegas revelaram os segredos genéticos da família italiana: a avó de 78 anos, suas filhas de 50 anos e dois netos adolescentes não sentem dor. Durante muitos anos, médicos não puderam entender o fenômeno da família. Para responder a essa pergunta, eles estudaram o seu DNA e a estrutura de todos os genes ligados à dor.

Foi revelado que o "superpoder" trata-se de uma mutação no gene ZFHX2 que desempenha o papel de uma espécie de regulador de sensibilidade das células nervosas a estímulos de dor diferentes, informou a revista Brain.

Segundo Cox, essa descoberta ajudaria os cientistas a criar medicamentos para suprimir a dor e "desligá-lo"temporariamente. Quanto à família italiana, os cientistas propuseram-na reverter esse processo e devolver aos seus membros a sensação de dor, mas eles se recusaram.

FONTE: SPUTNIK BRASIL
Link Notícia