Ouça agora na Rádio

N Notícia

© REUTERS / Hyungwon Kang

FOTO: © REUTERS / Hyungwon Kang

EUA chamam governo chinês de 'regime criminoso' após vazamento de dados sobre diplomata americana

Os EUA acusaram a China de ter um "regime criminoso" depois de Pequim revelar informações pessoais de diplomata norte-americana.

Informações Compartilhadas Sputnik Brasil

O vazamento de informações teria ocorrido após a diplomata se reunir com os líderes do movimento pró-democracia de Hong Kong, afirmou o porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, Morgan Ortagus.

"Não acho que vazar informações pessoais, fotos e nomes dos filhos da diplomata norte-americana seja um protesto formal, isso é o que um regime criminoso faria", afirmou Ortagus.

"Não é assim que uma nação digna se comportaria. A divulgação de qualquer uma dessas informações pessoais de uma diplomata norte-americana é totalmente inaceitável", completou.

Anteriormente, a China exigiu que os diplomatas americanos parassem de interferir nos assuntos de Hong Kong.

Em declaração, o Ministério das Relações Exteriores da China exigiu ao escritório diplomático dos EUA que pare imediatamente de se reunir com manifestantes anti-China e de interferir nos assuntos da cidade.

Bandeiras nacionais dos EUA e da China
© AP PHOTO / ANDY WONG
Bandeiras nacionais dos EUA e da China

Hong Kong enfrenta o terceiro mês de protestos contra um projeto de lei que permitiria extraditar suspeitos residentes na cidade para jurisdições com as quais não tem acordo de extradição, incluindo a China continental.

Mesmo após Hong Kong ter anunciado a suspensão do projeto de lei, os moradores locais continuam exigindo que a medida seja completamente retirada.

FONTE: Sputnik Brasil
Link Notícia