Ouça agora na Rádio

N Notícia

Juarez Rodrigues / EM /D.A. Press

FOTO: Juarez Rodrigues / EM /D.A. Press

Cruzeiro é derrotado pelo Ceará e frustra torcedor em noite de festa para Fábio

Arthur marcou duas vezes e definiu vitória alvinegra em pleno Mineirão

Informações compartilhadas Superesportes
 
A noite de festa para o goleiro Fábio não teve o final que o torcedor celeste gostaria. Com dois gols do atacante Arthur no segundo tempo, o Ceará derrotou o Cruzeiro por 2 a 0 no Mineirão e freou a possibilidade de os mineiros alcançarem o segundo triunfo consecutivo no Campeonato Brasileiro. Sem a vitória no jogo adiado da 28ª rodada, a Raposa também perdeu a chance de subir duas colocações na tabela. O time de Mano Menezes ficou estacionado na 10ª colocação. 
 
Além das movimentações em campo, a noite foi marcada por homenagens ao goleiro Fábio. O camisa 1 completou no último domingo, na vitória por 3 a 0 sobre a Chapecoense, 800 jogos pelo Cruzeiro. A diretoria apresentou uma festa nesta quarta com participação dos familiares do jogador, entrega de placas antes da partida e exposição de todos os troféus conquistados pelo arqueiro no clube celeste. Crianças e mulheres puderam entrar gratuitamente no Gigante da Pampulha. 
 
Dedicado exclusivamente ao Campeonato Brasileiro desde que levantou o troféu da Copa do Brasil, o Cruzeiro terá o próximo compromisso pela competição nacional no sábado, dia 27, às 21h, no Mineirão. Será o terceiro jogo consecutivo do time mineiro como mandante. O Ceará, por sua vez, que segue brigando para fugir da zona de rebaixamento, recebe o Atlético na segunda-feira, dia 29, às 20h, no Castelão.
 
O jogo
 
A noite chuvosa em Belo Horizonte deu o tom do início de jogo no Mineirão. Em um campo muito desgastado pela realização do show do músico inglês Roger Waters no último domingo, Cruzeiro e Ceará tiveram dificuldades para trabalhar a bola. A primeira oportunidade do Cruzeiro, aos 11', foi um dos poucos momentos de troca passes da Raposa. Robinho recebeu na direita e lançou Rafinha entrando livre na área na segunda trave. De frente para o gol, o substituto de Arrascaeta finalizou sem força, nas mãos de Everson.
 
Esperando para jogar no erro do Cruzeiro, o Ceará encontrou problemas para construir os contra-ataques, mas conseguiu responder sete minutos depois, aos 18'. Arthur, sempre ele, dominou na intermediária, fintou Leo e Egídio e bateu com perigo para o gol de Fábio. Homenageado da noite, o camisa 1 viu a bola raspar sua trave direita antes de sair pela linha de fundo. Essa foi praticamente a única tentativa do Vozão, que ainda viu a Raposa intensificar a produção ofensiva.
 
A volta para o intervalo não mudou muito o panorama de partida. Assim como na reta final da primeira etapa, o Cruzeiro buscava o gol de Everson com mais perigo, mas nada que assustasse o Ceará verdadeiramente. Para tentar aumentar a quantidade de chances, Mano Menezes optou por colocar David aos 15'. Ele substituiu Thiago Neves e coube a Robinho assumir a função de principal articulador das jogadas celestes.
 
Apesar das tentativas, quem abriu o placar no Mineirão foi o Ceará, aos 17' do segundo tempo. Leandro Carvalho puxou contra-ataque pela direita, tabelou com um companheiro e finalizou para a defesa de Fábio. O goleiro cruzeirense, no entanto, largou a bola no pé de Arthur, que, livre de marcação, não perdoou. 1 a 0. Com o tento, o Vozão recuou e passou a praticamente só se defender. Aos 26', Raniel quase respondeu para o Cruzeiro. O atacante que havia acabado de entrar na partida recebeu de Robinho e tentou pelo alto, mas a bola passou por cima da meta de Everson. 
 
Quem soube aproveitar os espaços foi o Ceará. Exposto em função das tentativas ofensivas, o Cruzeiro sofreu o segundo gol nos últimos momentos da partida. David errou passe infantil na intermediária de ataque e viu o Vozão construir contra-ataque impecável. A bola sobrou livre para Arthur, que recebeu passe primoroso de Richardson e teve frieza para tocar na saída de Fábio. 2 a 0. A derrota freou a possibilidade de o clube celeste emplacar duas vitórias seguidas na Série A. 
CRUZEIRO 0X2 CEARÁ
 
Cruzeiro
Fábio; Edilson, Manoel, Leo e Egídio; Henrique e Ariel Cabral (Raniel); Robinho, Thiago Neves (David) e Rafinha (Lucas Silva); Barcos. Técnico: Mano Menezes
 
Ceará
Everson, Fabinho, Tiago Alves, Luiz Otávio e João Lucas; Juninho e Richardson; Calyson (Felipe Azevedo), Ricardinho (Pedro Ken) e Leandro Carvalho (Val); Arthur. Técnico: Marcelo Rospide (Lisca suspenso)
 
Gols: Arthur (aos 17'2ºT e aos 35'2ºT)
Cartões amarelos: Thiago Neves (Cruzeiro); Ricardinho e Arthur (Ceará)

Público presente: 30.814
Público pagante: 12.058
Renda: R$204.315,00
 
Motivo: 28ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data e horário: 24 de outubro de 2018 (quarta-feira), às 19h30
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP)
Assistentes: Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP) e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (SP)
FONTE: Tiago Mattar /Superesportes
Link Notícia