Ouça agora na Rádio

N Notícia

CC0 / Pixabay

FOTO: CC0 / Pixabay

Mais perto do que nunca: Saturno brilhará no céu em todo seu esplendor

Em 27 de junho, Saturno estará em oposição ao Sol, o que permitirá observar o planeta em todos seus pormenores.

Informações compartilhadas Sputnik Brasil

Oposição de planetas é um termo utilizado em astronomia para designar a situação em que dois corpos celestes estão em posições opostas no céu quando vistos da Terra. Assim, um planeta está em oposição quando a Terra está entre o Sol e a posição desse planeta projetada no plano da eclíptica.

Neste caso, a oposição do planeta é o momento em que a Terra fica exatamente entre o Planeta dos Anéis e o Sol. Saturno se encontra neste momento a cerca de nove Unidades Astronômicas de distância da Terra. Uma Unidade Astronômica (UA) é a distância entre o Globo Terrestre e o Sol, cerca de 150 milhões de quilômetros. À medida que a Terra e Saturno giram em suas órbitas, a distância que separa os dois planetas pode chegar a mais de 11 UA. No dia (27), não só a distância entre a Terra e Saturno é reduzida, como é possível ver toda sua face banhada pelos raios solares.

Tal posição é a melhor para observar planetas (de Marte a Netuno) e também asteroides, sendo que nesse momento encontram-se à distância mínima da Terra e seus discos são completamente iluminados pelo Sol, indicam os astrônomos russos.

"O brilho do planeta atingirá magnitude nula [escala logarítmica do brilho de um objeto, utilizada na astronomia], enquanto seu diâmetro visível será de quase 19 segundos de arco. Isso significa que há uma chance única de examinar o planeta em todos os detalhes, visto que a duração de visibilidade noturna do planeta é a máxima", diz o comunicado do Planetário de Moscou.

O evento espacial pode ser observado através de telescópios comuns. Em particular, serão vistos os anéis do Planeta Gigante e o maior de seus satélites — Titã.

Saturno é o sexto planeta a partir do Sol e o segundo maior do Sistema Solar atrás de Júpiter. Sua oposição ocorre anualmente e se repete uma vez em cada 378 dias.

 

FONTE: SPUTNIK BRASIL
Link Notícia