Ouça agora na Rádio

N Notícia

© East News/ Photoshot/REPORTER

FOTO: © East News/ Photoshot/REPORTER

Morre o físico britânico Stephen Hawking

O físico britânico Stephen Hawking, de 76 anos, morreu na noite desta terça-feira. A informação foi dada por um porta-voz da família. Até o momento ainda não se sabe a causa de sua morte.

Todas as informações compartilhadas Sputnik Brasil

'Estamos profundamente entristecidos pelo fato de o nosso amado pai ter morrido. Ele foi um grande cientista e um extraordinário homem cujo trabalho e legado viverão por muitos anos', escreveram Lucy, Robert e Tim, filhos de Hawking.

Físico teórico, cosmólogo, autor e diretor de pesquisa do Centro de Cosmologia Teórica da Universidade de Cambridge. Seus trabalhos científicos incluem uma colaboração com Roger Penrose sobre teoremas de singularidade gravitacional no quadro da relatividade geral e a previsão teórica de que os buracos negros emitem radiação, muitas vezes chamado de radiação Hawking.

Hawking foi o primeiro a estabelecer uma teoria da cosmologia explicada por uma união da teoria geral da relatividade e da mecânica quântica. Ele é um partidário vigoroso da interpretação de múltiplos mundos da mecânica quântica.

Hawking teve uma forma rara de início precoce, progressiva, de esclerose lateral amiotrófica (ALS) que gradualmente o paralisou ao longo das décadas. Hawking surpreendeu médicos em todo o mundo, enquanto vivia apesar da doença que geralmente leva à morte dentro de anos. O diagnóstico da doença foi feito quando ele tinha 21 anos.

Os filhos ressaltaram sua "coragem e persistência" e seu "brilhantismo e humor".

"Uma vez, ele disse: 'O Universo não seria grande coisa se não fosse o lar das pessoas que você ama.' Nós sentiremos sua falta para sempre", escreveram.

FONTE: Sputnik Brasil
Link Notícia